11/02/2021 - Gregore mostra confiança em reforços do sub-20 e evita falar de falhas individuais: “Todos um só”

Ainda sem jogos no time principal, os jovens Patrick de Lucca e Luiz Fernando são convocados por Dado Cavalcanti para preparação para jogo contra o Atlético-MG

Titular do meio-campo do Bahia, o volante Gregore pode ter novos companheiros de time na próxima rodada da Série A. Com Índio Ramírez machucado, Edson diagnosticado com Covid-19 e Daniel suspenso, o técnico Dado Cavalcanti convocou para treinar entre os profissionais os meio-campistas Patrick de Lucca e Luiz Felipe, que disputaram a última edição da Copa do Brasil sub-20 e estavam integrados ao elenco sub-23.

A dupla ainda não estreou como profissional, mas a falta de experiência não incomoda Gregore. O volante mostrou confiança nos “reforços”, que podem entrar em campo pela primeira vez pelo time principal em um momento delicado e com um adversário complicado. Na briga contra o rebaixamento, o Bahia enfrenta no sábado, às 19h (de Brasília), o Atlético-MG, que sonha com o título da Série A.

- Quem veste a camisa do Bahia sabe a responsabilidade que tem quando entra em campo. Claro que estamos em momento difícil, mas os garotos têm qualidade e se forem exigidos vão dar conta do recado – comentou Gregore.

O Bahia enfrentará o Atlético-MG fora de casa, após tropeçar duas vezes na Arena Fonte Nova. Na última quarta-feira, o time baiano perdeu para o Fluminense. Já no sábado, empatou em 3 a 3 com o Goiás.

Nos dois jogos, Anderson cometeu falhas que resultaram em gols contra o Bahia. O goleiro foi bastante criticado pela torcida e não participou dos últimos treinos realizados no CT Evaristo de Macedo. Segundo o Bahia, ele foi liberado para resolver problemas pessoais.

Companheiro de elenco de Anderson desde 2018, Gregore evitou comentar as falhas individuais. O volante optou por manter o discurso de união entre os jogadores da equipe baiana.

- Nesse momento o coletivo que vai decidir para nós. Somos todos um só. Portanto temos que nos unir para pensar jogo a jogo. Temos que somar o maior número de pontos e estamos focados para isso.

- Todos nós estamos insatisfeitos, não poderia ser diferente. Queremos tirar o Bahia o mais rápido possível dessa situação e estamos trabalhando muito para isso.

Fonte: www.globoesporte.com