08/02/2020 - Maior roubador de bolas do Brasil, Gregore se inspira em Casemiro e Felipe Melo para chegar à Seleção

Pitbull, cão de guarda e xodó da torcida do Bahia. Por suas características vibrantes em campo, Gregore ganhou esses apelidos e o rótulo de “queridinho” da torcida tricolor. Roubador de bolas nato, o mineiro de 25 anos foi o jogador com mais desarmes nas duas últimas edições do Brasileirão. Tudo isso longe dos holofotes e sem prêmios individuais. Nem em 2018, nem em 2019, ele figurou entre os dois melhores da posição na seleção do campeonato. Trata-se de um atleta no melhor estilo “pouca mídia, muito futebol”.

Diante de tantas estatísticas positivas e atuações de destaque no Campeonato Brasileiro, ele chamou a atenção dos clubes, que constantemente o sondam. De oficial, uma proposta de R$ 17 milhões do Seattle Sounders (EUA), recusada pelo Bahia. Diretor de futebol do Esquadrão, Diego Cerri confirmou que as conversas duraram mais de um ano, porém sem um final feliz para o time da Major League Soccer (MLS). Sem o acordo para levar Gregore, o atual campeão norte-americano fechou com o também meio-campista João Paulo, ex-Botafogo.

Vivendo uma curva ascendente na carreira, o volante acaba de passar por um baque inesperado: a eliminação inesperada e precoce do Bahia da Copa do Brasil. O Tricolor perdeu por 1 a 0 para o River, do Piauí, e deu adeus à competição. No entanto, o próximo compromisso do Esquadrão é contra o Vitória, arquirrival, pela Copa do Nordeste. A oportunidade é ideal para o time dar uma rápida resposta à torcida e retomar a confiança. O FOX Sports transmite o clássico ao vivo e com exclusividade para a TV fechada, neste sábado, às 17h30.

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Gregore detalhou o momento do Bahia e deu detalhes sobre as sondagens e propostas que chegam na mesa de seu empresário. O jogador, que está em alta no mercado, se coloca entre os três melhores volantes do Brasil, se diz inspirado em Casemiro e Felipe Melo e ainda revela seus grandes sonhos: Champions League e Seleção Brasileira.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA ABAIXO:

A ELIMINAÇÃO PRECOCE NA COPA DO BRASIL INFLUENCIARÁ NO BA-VI?

“Se influenciar, será no lado emocional. Dei entrevista antes da partida (disse que o Bahia sonhava alto na Copa do Brasil), porque sabemos da dimensão do Bahia e temos que sonhar com coisas grandes. O desejo era disputar uma final e ser campeão. Acabamos sendo eliminados precocemente, mas temos que assimilar o mais rápido possível porque já temos um jogo importante contra o Vitória.”

COMO DEFINE O TRABALHO DE ROGER MACHADO? HÁ ALGO QUE O TIME NÃO ASSIMILOU?

“O trabalho do professor Roger é muito bom, é notória a evolução de atletas que não vinham bem antes. Ele consegue retirar o máximo de alguns atletas. Ano passado, encostamos e sonhamos com Libertadores. A permanência dele é muito importante para gente. Brigaremos por coisas maiores com ele aqui.”

VOCÊ É O MELHOR VOLANTE DO BRASIL?

“Hoje, estou brigando entre os três melhores volantes do Brasil. Tenho que evoluir muita coisa para continuar melhorando na minha carreira.”

VOCÊ TAMBÉM FOI O JOGADOR COM MAIS FALTAS DO BRASILEIRÃO: 106. É UM JOGADOR VIOLENTO OU É UM MAL NECESSÁRIO?

“Eu não vou na jogada pensando em fazer a falta, mas pegamos grandes jogadores de alto nível no Brasil, muito habilidosos. Somos enganados e temos que usar o recurso da falta. Mas esse número não atrapalha em nada meu futebol.”

POR QUE O GREGORE AINDA É DESCONHECIDO POR MUITOS NO BRASIL?

“Por jogar no Bahia, muitas pessoas não acompanham meu futebol. O clube está lutando por um lugar maior. Os jogadores que se destacarem aqui ganharão mais visibilidade e reconhecimento. Tento sempre entrar em campo para retribuir um pouco desse carinho e a vontade da torcida de me ver em campo.”

POR QUE TITE NÃO CONVOCA JOGADORES DO NORDESTE? EM BREVE, VAI ACONTECER?

“Acho que o Tite é muito coerente nas convocações dele. Ele olha para os jogadores que estão atuando em alto nível. Se eu continuar elevando meu nível, acho que tenho totais condições de ir para a Seleção Brasileira atuando pelo Bahia.”

QUAL VOLANTE É O SEU PREFERIDO NO MUNDO?

“Me inspiro no Casemiro.”

QUEM SÃO OS TRÊS MELHORES VOLANTES DO BRASIL ATUALMENTE? 

“Willian Arão, eu e Matheus Henrique. O Felipe Melo eu não citei porque foi para a zaga. É um cara que eu me inspiro. O Gregore tem um pouco de Felipe Melo."

POR QUE A INSPIRAÇÃO NO FELIPE MELO?

“O Felipe Melo é um cara muito competitivo. Ele não está velho, mas eu o assisti jogando, então é de outra geração. Às vezes é inevitável, somos um ‘apaga fogo’ que têm que parar a jogada, chegar atrasado e tomar cartão. É normal da posição. O nome que ele tem hoje foi ele que construiu. Por isso é chamado de cão de guarda.”

POR QUE O BAHIA TEM VENCIDO A CONCORRÊNCIA POR JOGADORES COM TIMES COMO BOTAFOGO, FLUMINENSE E VASCO?

“Nos últimos anos, é inevitável ver o crescimento do Bahia. Todos estão vendo. Nós jogadores nos falamos, as informações chegam. Hoje, CT novo, dá estrutura aos jogadores. Antigamente os jogadores viam um preconceito em vir para o Nordeste, mas hoje vêm de olhos fechados. O Bahia consegue honrar com seus compromissos em dia, a estrutura ajuda muito.”

QUEM ENTRARÁ MAIS MORDIDO NO BA-VI?

“Não acompanho muito o lado deles (Vitória), mas entraremos muito mordidos neste clássico. Primeiro por causa da eliminação (para o River-PI na Copa do Brasil), ficamos muito chateados e queremos dar uma resposta rápida sobre a força do nosso grupo. E, segundo, porque queremos ganhar todos os clássicos este ano.”

ESTÁ NA HORA DO PRIMEIRO GOL DO GREGORE PELO BAHIA SAIR?

“Se meu primeiro gol pelo Bahia sair em um clássico, vai ficar marcado. É minha terceira temporada aqui e ainda não consegui marcar. Penso sempre em evoluir para o gol sair naturalmente.”

ALÉM DO SEATTLE SOUNDERS (EUA), TEM MAIS PROPOSTAS? QUAL O FUTURO DO GREGORE?

“De oficial, só essa proposta. Mas não deu certo. Se for bom para mim e para o clube, sairei pela porta da frente. Deixo para meus representantes e para o presidente do clube sempre. Vivo muito o momento. Se der certo as coisas no Bahia, coisas maiores virão.”

TODO JOGADOR REALMENTE SONHA COM A EUROPA?

“A gente vê a visibilidade e a estrutura dos campeonatos europeus. Todo jogador sonha em estar naquele espetáculo. Vejo jogadores chorando com a música da Champions League, e comigo não seria diferente.”

Fonte: